Saiba como emitir nota fiscal para e-commerce

Saiba como emitir nota fiscal para e-commerce

A nota fiscal para e-commerce é uma opção que tem adiantado muito o lado de quem precisa trocar documentos, além de todo trâmite entre empresas e pessoas jurídicas.

É um tipo de nota que faz parte de um projeto do SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) no Brasil, cujo objetivo é fazer com que os documentos oficiais passem a ser eletrônicos.  

No caso, as notas fiscais são importantes para o controle do governo, do negócio e do consumidor. No fim todos saem favorecidos, afinal, elas também permitem:

  • maior segurança dos serviços de garantia;
  • gerenciamento de estoques;
  • controle de compra e;
  • venda e monitoramento dos dados relacionados aos rendimentos de pessoa jurídica e física.

Como emitir nota fiscal para e-commerce

A nota fiscal para e-commerce é a de venda de produtos, de modelo 55, responsável por registrar a operação de venda/faturamento de mercadorias de um negócio.

Devido a isso, a nota está ligada à cobrança do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e do ICMS (Imposto de Mercadorias e Serviços). A emissão da nota também está vinculada à SEFAZ (Secretaria da Fazenda) de cada estado.

É necessário emiti-la e também assegurar que, na entrega, a DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) seja enviado. Esse documento é uma representação gráfica simplificada da nota, nele deve constar a chave de acesso ao documento, assim, permite-se ao consumidor a consulta das informações na internet, bem como o acompanhamento do produto em trânsito.

No momento de emitir uma nota de venda de produto, é necessário informar os dados do destinatário e do emitente, detalhes de mercadorias/serviços e outros dados relevantes. 

Com o uso de soluções como um ERP para emissão de notas fiscais, esses dados já ficam disponíveis, logo, não será preciso utilizar digitação.

A emissão de nota fiscal para e-commerce se tornou algo obrigatório, sendo exigido por lei — a Lei Federal n. 8.846/1994. Segundo a norma, o vendedor, independentemente do preço da mercadoria, terá que enviar uma nota para que seja comprovada a tal mercadoria que foi adquirida pelo valor combinado.

Emitir nota fiscal não é apenas mais um fator ao qual o empreendedor deve ficar atento, e sim algo que trará comodidade e muita segurança para todas as partes envolvidas na negociação.

1. Tenha um certificado digital

O certificado digital atua como uma senha cuja funcionalidade é verificar a identidade do usuário, empresa ou computador. É utilizado sobretudo para emitir notas fiscais.

Os certificados são no modelo A1 (arquivo digital) e A3 (cartão ou token), funciona como um instrumento digital pelo qual um negócio faz a assinatura dos documentos digitais, como uma nota fiscal. No Brasil, muitos órgãos são determinados como autoridade certificadora pela ICP-Brasil (pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira), como a Serasa e os Correios.

2. Cadastre-se na Secretaria da Fazenda (SEFAZ)

O  site da secretaria, automaticamente, irá habilitar o usuário para realizar os testes de integração com a sua ferramenta de emissão de nota fiscal. Feitos os testes, o contribuinte selecionará “Credenciamento para emitir nota fiscal em produção”, após isso estará pronto para emitir a nota fiscal. Não há necessidade de autorização para publicação, e a emissão pode ser iniciada imediatamente.

3. Escolha um emissor de nota fiscal

Adquiriu o certificado digital? O registro na Secretaria da Fazenda foi feito?

Agora é o momento de escolher um emissor de nota fiscal para fazer a emissão. 

Para escolher um bom emissor, você pode contar com o apoio de agência full service para e-commerce. 

Diferente do que acontece em uma agência especializada em algum segmento específico, a agência full service tem uma equipe especializada e experiente para desenvolver e gerenciar de maneira completa campanhas online e offline. Resumindo, esse modelo, chamado também de agência 360º, tem estrutura para cuidar de todas as áreas de marketing de uma organização.

Geralmente, é comum que as agências dêem atenção em apenas algumas áreas. Por exemplo, algumas empresas concentram seus trabalhos no marketing digital e outras no tradicional. Entretanto, uma agência full service consegue integrar todas essas ações através de serviços como:

  • Redação: produção de conteúdo para todos os tipos de publicidade;
  • Design: identidade visual, papelaria e todo material necessário para o branding;
  • Projetos Web: planejamento, implementação, manutenção e desenvolvimento de sites, blogs e e-commerces;
  • Marketing digital: planejamento estratégico, Inbound Marketing, SEO, monitoramento e análise de resultados;
  • Produção audiovisual: captação de imagens, roteiros e edições de fotos e vídeos.

Agência full service: comunicação integrada de um negócio

Integrar processos é a bola da vez, não por menos, são muitos os benefícios desta ação para negócios modernos. Uma única empresa pode ter diversos meios de contato com seus públicos, tais como via site, redes sociais, blogs, e-mail marketing, Whatsapp, dentre outros incluindo impressos e visuais. Para essa comunicação, torna-se necessária a produção de conteúdo e criação (design) para posts, artigos, apresentações digitais, folders, banners, embalagens, dentre outros.

Todas essas peças, independente de onde serão divulgadas, precisam ter uma comunicação alinhada entre si. E quando se conta com empresas diferentes para a criação de várias peças, as chances de a comunicação não convergir com o mesmo objetivo é alta, além dos timings para produção serem diferentes.

Uma comunicação integrada envolve planejamento, estratégias on e off, utilização dos meios de divulgação e execução em prol dos objetivos de uma organização, respeitando a identidade visual, voz e posicionamento da marca no mercado. E com uma agência multifacetada, as chances de todos esses meios produzidos conversarem entre si é mais garantida.

Desse modo, uma agência full service pode garantir a comunicação integrada de uma empresa, incluindo meios on e off! Como resultado, é possível mencionar inúmeros benefícios ao contratante, tais como:

  • Mais tranquilidade de investimento para o cliente;
  • Contrato unificado, oferecendo o mínimo de burocracias;
  • Economia por centralizar mais trabalhos com uma única agência;
  • Possibilidade de contar com um Customer Success para guiar estratégias integradas de comunicação;
  • Fortalecimento de marca e consolidação do posicionamento por meio da construção de uma imagem clara e consistente na mente dos públicos de interesse da empresa;
  • Promove a integração entre equipes de uma única empresa, otimizando os propósitos das estratégias de comunicação;
  • Garante também a integração entre os canais de comunicação, o chamado Marketing Omnichannel, integrando on e off; Exemplo: o cliente ouviu um anúncio na rádio e pode acessar o site para ter acesso a uma promoção, por exemplo.

Num cenário onde o Marketing é o braço direito de qualquer empresa que visa crescimento, não dá mais para ignorar a importância da comunicação integrada. Portanto, procure uma agência full service, que possui uma ampla gama de serviços que possa lhe atender dessa maneira, em todas as necessidades, de ponta a ponta. Como a Actwork, por exemplo!

A plataforma da Infracommerce foi desenvolvida com o objetivo de otimizar seu e-commerce, resultados e métricas, com toda dinâmica do Full Service . Tendo a missão de gerar mais vendas e conversões através de uma plataforma multicanal, com disponibilidade 24h, além de soluções modernas e únicas no mercado brasileiro.

Se você tiver alguma dúvida, estamos prontos para te ajudar nesse processo com soluções inteligentes e uma equipe qualificada para que você se sinta seguro do início ao fim.






Fale com um especialista

Leia também

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Já ouviu falar da estratégia multi warehouse? Essa é uma das soluções para ter um Fulfillment gerenciado. Entenda como funciona o processo e como aplicar.

Acessar
Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Veja as diferenças entre marketplace e marketing digital. Duas modalidades ideais para qualquer negócio online ter sucesso no processo de vendas.

Acessar
Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evitar a ruptura de estoque no seu negócio utilizando os serviços da InfraLog. A solução Infracommerce que disponibiliza a gestão completa do seu estoque!

Acessar

Explore todos os assuntos do Blog

Revolucione sua
Customer Experience!


Descubra qual solução Infracommerce é a ideal para o sucesso do seu negócio.

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe
entrará em contato para mais informações








Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso!
Oops! Algo deu errado, tente novamente.