Headles Commerce: o que é e como funciona

Headles Commerce: o que é e como funciona

Headless commerce, ou negócio sem cabeça em português. Esse é o nome de omnichannel commerce, sua plataforma de gerenciamento possui componentes independentes de back-end e front-end, mas ao mesmo tempo é integrada através de APIs. Isso torna possível lidar com os elementos do negócio separadamente, permitindo um melhor desempenho de vendas.

Em outras palavras, nesse tipo de negócio, o front-end, template ou cabeçalho, ou seja, o cabeçalho do negócio e a programação básica, são desacoplados do back-end da plataforma de gerenciamento. Nesse caso, os desenvolvedores usam APIs para fornecer conteúdo e novos recursos aos negócios, enquanto os designers os expõem na interface de vendas.

Use este artigo para entender melhor como funciona o comércio sem cabeça. Aprenda alguns detalhes técnicos sobre este tópico. Domine as principais vantagens de usar o comércio sem cabeça. Continue a leitura!

Entenda o melhor do headless commerce

Antes de entender como funciona o Headless Commerce, é necessário entender o que é back-end, front-end e API. Acontece que esses três componentes formam um tripé, e os negócios headless commerce são construídos da seguinte maneira:

Back-end

Em plataformas omnicanal e de e-commerce, o back-end é a programação básica do sistema. Portanto, é ele quem faz a plataforma existir. O back end é o código do qual todo o sistema depende. Ele é a estrutura.

Além disso, o back-end contém as regras de todo o negócio. É ele quem fornece as ferramentas de gerenciamento interno da interface de vendas, gerenciamento de produtos e todas as outras coisas que acontecem "atrás do balcão".

O back-end é a arena para programadores ou desenvolvedores. São esses profissionais que usam linguagens de programação como Java e PHP para conectar dados de um ou mais bancos de dados a navegadores de Internet e vice-versa.

Front-end

O front-end faz parte da plataforma de e-commerce e omnicanal visível para os consumidores. Em outras palavras, é um modelo para lojas virtuais, lojas mobile, mercados ou quaisquer outros canais de vendas.

É o front-end, a ala que controla o layout e design, bem como o texto, imagem, vídeo ou conteúdo de áudio da loja online. Inclui banners, botões, cores, links e toda a interface de vendas, ou seja, tudo o que acontece na “frente do balcão”.

Se o back-end usa programadores, o front-end precisa de designers para manipular linguagens de marcação e estilo, como HTML e CSS. Por sua vez, eles podem ser operados por meio de um sistema de gerenciamento de conteúdo denominado CMS.

API

API é um acrônimo para Application Programming Interface ou Application Programming Interface em português. É um ambiente virtual que permite a geração de instruções para prover acesso e integração de aplicativos de terceiros no contexto de plataformas de e-commerce e omnichannel.

Headless commerce e suas vantagens

Como mencionado anteriormente, em headless commerce, a extremidade posterior e a extremidade frontal são separadas. No entanto, eles se integram por meio de APIs, para que os programadores criem regras de plataforma de dentro e os designers trabalhem de fora para melhorar a experiência de compra do consumidor, otimizando a interface de vendas.

Plataformas baseadas em API, como plataformas de negócios headless, além de personalizar aplicativos para lojas online, você também pode adicionar aplicativos como checkout, pedidos, logística, pagamento, catálogo, pesquisa e assinatura, sem a necessidade de designers de front-end para modificar o código de back-end. Em outras palavras, você só precisa chamar uma API.

Além disso, o headless commerce torna possível criar uma experiência de nuvem multicanal unificada, ou seja, fornecer um inventário exclusivo e sistema de suporte para todos os canais. Dessa forma, os consumidores podem desfrutar de uma experiência de compra perfeita. Em outras palavras, eles podem iniciar uma compra online e, em seguida, concluí-la em uma loja física ou nas redes sociais.

As 4 vantagens do headless commerce

Para resumir, uma plataforma headless commerce proporciona vantagens como:

1. Melhor adoção dos funcionários.

Devido à curva de aprendizado acentuada, algumas organizações podem relutar em usar novas tecnologias. Ter uma plataforma de comércio moderna e a simplicidade do headless commerce pode resolver esse problema, porque todos na equipe podem acessar e atualizar facilmente o front end sem a necessidade de habilidades avançadas.

2. As ferramentas certas para o trabalho.

O Headless Commerce fornece às marcas ferramentas para criar experiências personalizadas que os clientes não podem obter em nenhum outro lugar. A chave é a API para garantir uma experiência de marca consistente em todos os canais, impulsionada por serviços de negócios comuns, como promoções, inventário e informações sobre produtos.

3. Economia de tempo em TI.

Como as mudanças de front-end podem ser feitas rapidamente, os desenvolvedores podem economizar tempo para mudanças na IU. Além disso, com a ajuda de modelos sem cabeça e soluções de parceiros, os desenvolvedores podem lançar aplicativos de negócios que aumentam as taxas de conversão com apenas alguns cliques ou codificação simples.

4. Tempo de lançamento no mercado.

Por meio do headless commerce, as empresas podem apresentar rapidamente novas experiências de front-end. Responder às novas tendências de mercado pode ser feito rapidamente e o custo de desenvolvimento de back-end é o mais baixo.

Conforme mencionado anteriormente, a plataforma de negócios headless pode fornecer maior flexibilidade e agilidade para seus negócios. Vai além do sistema monolítico tradicional. Portanto, ele permite que você crie ou use aplicativos de terceiros que melhor atendam às suas necessidades. Também permite que você personalize a interface de vendas com mais liberdade. Sem dúvida, isso trará um melhor desempenho de vendas para o seu negócio.

Gostou deste artigo? Continue nos acompanhando para ter acesso a mais conteúdos como esse. Aproveite para conhecer as soluções da Infracommerce!

Fale com um especialista

Leia também

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Já ouviu falar da estratégia multi warehouse? Essa é uma das soluções para ter um Fulfillment gerenciado. Entenda como funciona o processo e como aplicar.

Acessar
Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Veja as diferenças entre marketplace e marketing digital. Duas modalidades ideais para qualquer negócio online ter sucesso no processo de vendas.

Acessar
Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evitar a ruptura de estoque no seu negócio utilizando os serviços da InfraLog. A solução Infracommerce que disponibiliza a gestão completa do seu estoque!

Acessar

Explore todos os assuntos do Blog

Revolucione sua
Customer Experience!


Descubra qual solução Infracommerce é a ideal para o sucesso do seu negócio.

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe
entrará em contato para mais informações








Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso!
Oops! Algo deu errado, tente novamente.