Guia prático de como criar site de vendas de forma simples

Guia prático de como criar site de vendas de forma simples

Criamos um guia detalhado que pode ajudá-lo a iniciar seu próprio negócio de comércio eletrônico - e não apenas qualquer site de vendas, mas um site funcional.

O comércio eletrônico tornou-se uma parte vital da vida moderna. Ser capaz de percorrer inúmeros produtos sem sair do conforto de sua casa ou escritório, ou enquanto espera na fila ou em um ônibus, torna o comércio eletrônico uma maneira verdadeiramente conveniente de fazer compras de maneira moderna.

Alguns varejistas veem o site de vendas como uma ameaça às lojas físicas. Os varejistas mais inteligentes aprenderam a explorar o comércio eletrônico e não temê-lo para aumentar as vendas.

Novos players no setor de varejo também acharam mais fácil encontrar um lugar na arena altamente competitiva graças ao comércio eletrônico. Isso só mostra que o comércio eletrônico é realmente parte integrante do que qualquer negócio de varejo hoje.

Como criar site de vendas de forma simples 

1. Crie seu próprio design exclusivo

Dar ao seu site uma personalidade única ajudará a diferenciá-lo da concorrência. Claro, isso deve ser feito de uma maneira boa e inteligente. Pense no seu site de comércio eletrônico como uma loja física. Dê-lhe um estilo único que pode atrair seus clientes para voltar novamente. Faça da visita ao seu negócio de comércio eletrônico uma experiência em si.

2. Identifique seu mercado-alvo e projete para eles

É essencial que empresas de qualquer natureza identifiquem seu mercado-alvo. Dessa forma, você pode fazer seus esforços sob medida para eles. A segmentação de vários mercados também não é aconselhável para empresas que acabaram de começar.

Portanto, escolha primeiro um mercado-alvo, certifique-se de que seus produtos sejam atraentes para eles e crie seu site de maneira que possa atraí-los.

3. Certifique-se de que seu site de comércio eletrônico seja fácil de usar

A navegação é essencial para sites de comércio eletrônico. Seu site provavelmente conteria dezenas a centenas e até milhares de produtos que seus possíveis compradores simplesmente não têm tempo de percorrer. Organize seus produtos em categorias e forneça uma função de pesquisa para que os clientes possam ir direto aos produtos que desejam.

4. Garanta sempre a segurança do local

As empresas de comércio eletrônico são mais comumente visadas por criminosos cibernéticos não apenas por causa do dinheiro que entra, mas também pelas informações do cliente com as quais esses criminosos on-line causam tanto estrago. É sua responsabilidade incluir em seu projeto a garantia de que seus clientes estão seguros ao realizar transações com você. E não apenas diga – faça!

5. Mantenha seu site de comércio eletrônico leve

Algumas pessoas exageram em seus sites de comércio eletrônico. Eles o preenchem com objetos pesados, fotos de tamanho grande e arquivos flash, o que por um lado torna seus sites bastante atraentes, mas por outro lado o torna mais lento, sem resposta, propenso a travamentos e não amigável com dispositivos móveis.

A estética nunca deve comprometer o desempenho do seu site de comércio eletrônico, pois apenas afastará seus clientes. Então não se empolgue com as decorações, ok?

6. Como criar site de vendas simples? Considere o minimalismo

Uma maneira de ajudar a manter seu site de comércio eletrônico leve é ​​ praticar o minimalismo. Sempre procure ser simples para não sobrecarregar seus clientes. Remova elementos redundantes e desnecessários. Além disso, não use muita variação de cores e fontes.

7. Seja sério com as descrições dos produtos

A descrição do produto é um dos elementos mais desvalorizados dos sites de comércio eletrônico. Ao contrário das lojas físicas, os sites de vendas não podem fornecer aos clientes uma experiência prática dos produtos antes da compra. Essa é uma das desvantagens do comércio eletrônico. Contrarie isso fornecendo descrições de produtos que podem dar aos clientes a aparência e a sensação virtual dos produtos à venda. Seus clientes realmente apreciariam sites que fazem isso.

8. Coloque sua marca para funcionar

O objetivo da sua marca é dar identidade ao seu negócio. Mantenha sua marca visível em todas as páginas e mantenha seus símbolos de marca consistentes. Isso ajudará seus clientes a reconhecer sua marca de um conjunto de outras marcas. Construa sua marca e faça-a trabalhar para você.

9. Use o poder do Call to Action

Você começou seu negócio para colher lucros. Seu site terá muitos visitantes, e muitos deles analisarão suas ofertas de produtos, mas nem todos acabarão fazendo uma compra.

Uma maneira de ajudá-lo a aumentar sua taxa de conversão é usando um call to action. Call to action é um termo que significa convidar as pessoas a dar uma resposta imediata. No seu caso, essas respostas acabam levando a uma compra.

É claro que dizer “Compre agora” não funcionará exatamente como está, então você pode usar outros meios como “Reivindicar este desconto exclusivo”.

Lembre-se sempre dessas etapas ao projetar sua loja de comércio eletrônico e você certamente poderá criar um site com design brilhante.

10. Escolha um bom nome de domínio

Escolher um nome é sempre uma tarefa difícil de realizar, seja nomear um filho, um animal de estimação, um carro, um personagem de um jogo, uma organização e, no caso de sites de comércio eletrônico, seu nome de domínio. Você realmente não pode pensar em um nome de forma imprudente, especialmente quando você sabe que isso seria permanente. 

No momento em que você estiver configurando seu site de comércio eletrônico, presumimos que você já conhece os tipos de produtos que venderá, bem como uma ideia de como sua empresa será chamada. Vá ao encontro daquilo que faz sua ideia vibrar. 

Como criar site de vendas com plataformas de comércio eletrônico

A maneira mais fácil de configurar um site de comércio eletrônico é com a ajuda de plataformas de e-commerce. Isso é muito mais conveniente, e muito menos caro e demorado do que ter que obter os serviços de um desenvolvedor web profissional para criar um site do zero.

Muitos players do setor de comércio eletrônico, especialmente os mais novos e menores, realmente optaram por usar plataformas comerciais para que possam concentrar seu tempo e recursos em outros aspectos do negócio.

Existem várias plataformas de comércio eletrônico por aí e, antes de iniciar seu negócio, você deve fazer uma análise mais profunda de qual é a melhor para sua situação específica. As melhores plataformas de comércio eletrônico para pequenas empresas são diferentes das melhores para grandes empresas, e há muitos outros fatores em jogo. 

A Infracommerce é perfeita para você. Entre em contato para conhecer soluções para o sucesso de seu negócio! 

Fale com um especialista

Leia também

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Já ouviu falar da estratégia multi warehouse? Essa é uma das soluções para ter um Fulfillment gerenciado. Entenda como funciona o processo e como aplicar.

Acessar
Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Veja as diferenças entre marketplace e marketing digital. Duas modalidades ideais para qualquer negócio online ter sucesso no processo de vendas.

Acessar
Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evitar a ruptura de estoque no seu negócio utilizando os serviços da InfraLog. A solução Infracommerce que disponibiliza a gestão completa do seu estoque!

Acessar

Explore todos os assuntos do Blog

Revolucione sua
Customer Experience!


Descubra qual solução Infracommerce é a ideal para o sucesso do seu negócio.

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe
entrará em contato para mais informações








Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso!
Oops! Algo deu errado, tente novamente.