Dropshipping: o que é e como funciona

Dropshipping: o que é e como funciona

Dropshipping é um modelo de gerenciamento da cadeia de suprimentos. Quer seja uma loja física ou uma loja online, você pode vender produtos sem ter que estocar esses produtos. A empresa atua como distribuidora, agindo como intermediária nas operações de vendas, e terceiriza os processos de armazenamento e distribuição aos fornecedores. Essa é a estratégia de logística utilizada na maioria dos mercados, como Mercado Livre, eBay, AliExpress e Amazon.

Ao longo dos anos, o e-commerce alcançou proporções inimagináveis, poucas pessoas sabem que muitas são devido ao surgimento do dropshipping.

Para quem decide começar um negócio no mercado online, a maior questão do mercado é: as vendas diretas valem a pena?

Saiba mais sobre o que é dropshipping na sequência!

O que é dropshipping

Dropshipping é uma combinação das duas palavras drop e shipping. Explicando literalmente essas traduções, podemos dizer que é como se uma organização “perdesse” seus bens para outra empresa.

Isso significa que, nas vendas diretas, o e-commerce vende e encaminha o pedido para uma empresa parceira, e a empresa parceira executa:

  • o armazenamento,
  • estoque,
  • distribuição dos produtos vendidos.

Nesse caso, o fornecedor é o responsável pelo processo logístico, e o mercado passa a ser o intermediário das compras.

Uma pesquisa realizada pela E-DSS.org mostrou que 27% das empresas varejistas que trabalham na Internet mudaram seus processos de venda e entrega para adotar um modelo de dropshipping.

Dropshipping é ilegal no Brasil?

Há alguma discussão sobre a legalidade da dropshipping no Brasil. Quem exerce essas atividades no país é classificado como intermediário comercial. Embora não haja legislação específica, tais atividades não são consideradas ilegais.

Porém, quem deseja trabalhar com suas empresas neste ambiente deve procurar profissionais que entendam da área para evitar ser afetado por medidas judiciais ou ignorar as obrigações da Receita Federal. Além de informar quais regras tributárias e contábeis você precisa cumprir ao longo do tempo, procure um consultor ou contador para ajudá-lo a definir o melhor sistema tributário.

Como funciona o dropshipping

Apresentamos o que é a dropshipping acima, mas é importante que você entenda como ela funciona de maneira específica a partir de exemplos desse processo:

  • 1º Passo: o cliente efetua a compra dentro do seu marketplace;
  • 2º Passo: o e-commerce recebe o pedido e repassa ao fornecedor e parceiro dropshipping;
  • 3° Passo: a empresa responsável pela logística de entrega recebe o pedido do e-commerce e inicia o processo de separação, organização e transporte do produto até o cliente;
  • 4º Passo: o cliente recebe o produto.

Benefícios do dropshipping

Sabendo que o processo de dropshipping é mais fácil do que você pensa, detalhamos algumas das vantagens e desvantagens deste modelo.

Vamos começar com os benefícios que as vendas diretas podem trazer para o e-commerce:

Baixo investimento

Uma das principais vantagens do dropshipping diz respeito aos custos e investimentos necessários para o e-commerce. Isso porque a dropshipping pode economizar muitos custos relacionados ao armazenamento, especialmente em termos de estoque dos produtos que vende.

O fato é que através do dropshipping, a empresa não precisa comprar o produto, pois a responsabilidade pelo estoque e armazenamento é da empresa parceira.

Portanto, é mais fácil investir muito pouco dinheiro na compra de produtos e alocar o dinheiro em outras áreas, como publicidade e marketing.

Despesas fixas menores

Para que uma loja física funcione, ela enfrenta várias burocracias. Além disso, as pessoas que decidem trabalhar desta forma precisam arcar com custos fixos, tais como:

  • IPTU,
  • conta de luz,
  • aluguel, entre outros gastos.

Aqueles que optam pelo dropshipping podem ficar isentos de tais taxas, pois podem até optar por trabalhar em casa e usar apenas seus próprios computadores para gerenciamento. Não há necessidade de sair, nem mesmo fazer inventário.

A dropshipping é uma boa ideia para empresas que buscam cortar custos e mudar a forma como trabalham.

Não é à toa que a pesquisa de comércio eletrônico brasileiro realizada pela BigData Corp e PayPal Brasil mostrou que, entre 2018 e 2019, o número de comércio eletrônico aumentou 37,59%.

Flexibilidade do negócio

Como todos sabemos, o e-commerce não tem tantas restrições quanto os locais físicos. Portanto, a dropshipping permite digitalizar totalmente a gestão e o planejamento. Isso significa que seu negócio pode ser facilmente controlado pela Internet.

Por exemplo, você pode estabelecer relações de mercado, fornecedor e cliente com apenas alguns cliques, sem ter que construir uma loja física e incorrer em taxas de aluguel.

Essa flexibilidade de poder trabalhar a qualquer hora, em qualquer lugar e ter espaço ilimitado para expor seus produtos é uma das vantagens do dropshipping.

Facilidade para administrar o negócio

À medida que o negócio cresce, se for uma loja tradicional, vai precisar de mais pessoal, o que é normal. E porque quanto mais suas vendas crescem, mais empregos aparecerão, então você precisa de mais departamentos para se envolver em vendas e gerenciamento.

Porém, no caso do dropshipping, esse tipo de crescimento pode ser gerenciado com mais facilidade, não sendo necessário dobrar ou triplicar a força de trabalho por conta do crescimento.

Como grande parte do processo logístico é repassado aos parceiros, eles são responsáveis ​​por assumir esse crescimento e cuidar das entregas.

Se esta empresa não puder assumir mais trabalho, você só precisa mudar de parceiro de vendas diretas ou ter vários parceiros (recomendado).

Isso ajuda a gerenciar e aumentar seu crescimento e reduzir o custo de novos funcionários.

Conclusão

Ao longo deste artigo, apresentamos as principais vantagens para quem pretende adotar o modelo de dropshipping. Por ser muito vantajoso devido aos custos de estoque e distribuição da empresa.

No entanto, dropshipping pode ser o empurrão para pessoas começarem seus próprios negócios com gastos mínimos de gerenciamento e processo.

Um grande problema com a dropshipping é pesar os pontos positivos e negativos na balança antes de escolher. Outro ponto importante é fechar os olhos para as coisas importantes.

Independentemente de você optar por enviar em seu nome, tudo leva tempo. Para estabelecer uma boa imagem no e-commerce, é essencial criar uma experiência de compra positiva para o cliente final.

Conheça nosso LinkedIn!


Fale com um especialista

Leia também

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Já ouviu falar da estratégia multi warehouse? Essa é uma das soluções para ter um Fulfillment gerenciado. Entenda como funciona o processo e como aplicar.

Acessar
Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Veja as diferenças entre marketplace e marketing digital. Duas modalidades ideais para qualquer negócio online ter sucesso no processo de vendas.

Acessar
Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evitar a ruptura de estoque no seu negócio utilizando os serviços da InfraLog. A solução Infracommerce que disponibiliza a gestão completa do seu estoque!

Acessar

Explore todos os assuntos do Blog

Revolucione sua
Customer Experience!


Descubra qual solução Infracommerce é a ideal para o sucesso do seu negócio.

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe
entrará em contato para mais informações








Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso!
Oops! Algo deu errado, tente novamente.