Conheça os desafios do e-commerce e como superá-los

Conheça os desafios do e-commerce e como superá-los

Pesquisa da eMarketer mostra que o e-commerce cresceu 26,7% em 2020. Nesse sentido, cada vez mais empresários apostam no e-commerce. Por isso, é importante entender o que são os desafios do e-commerce e como superá-los para se destacar neste mercado.

Neste artigo, exploraremos as principais dificuldades neste momento de expansão sem precedentes e como lidar com cada uma delas. Continue lendo e prepare-se para aproveitar o boom das vendas online.

Entenda os principais desafios do e-commerce

Gerenciar as vendas de produtos online é uma tarefa difícil que requer a dedicação e o aprendizado dos empreendedores. Além disso, os hábitos de consumo mudaram e os consumidores tornaram-se cada vez mais exigentes.

Nesse caso, a experiência de compra é um fator essencial para alcançar mais transações, reter clientes e construir uma marca de sucesso. Mas é claro que você encontrará obstáculos no processo, especialmente quando iniciar o e-commerce do zero.

Descubra os oito principais desafios do e-commerce e veja dicas de como lidar com cada situação:

1. Logística

Vender produtos online exige que os empreendedores invistam em logística eficiente para fazer o processo funcionar. As organizações nesta área variam do controle de estoque ao gerenciamento do sistema de transporte.

O processo logístico inclui o processo de armazenamento, separação dos produtos (picking), acondicionamento (embalagem) e entrega dos produtos aos consumidores.

Muitos são os sites e ferramentas que podem auxiliar nas diversas etapas dessa estrutura de operação de vendas. Tudo isso com a transparência do processo de envio e a disponibilidade de frete acessível.

2. Segurança de dados

Os consumidores brasileiros estão cada vez mais acostumados com as compras online, um dos motivos é o aumento da sensação de segurança nas transações. No entanto, nos últimos anos, várias informações confidenciais que vazaram notícias atraíram a atenção da mídia.

De acordo com a pesquisa Borderless Commerce Report do PayPal, as preocupações com a segurança dos dados são mencionadas como um dos principais fatores para abandonar as compras online. Portanto, possuir uma marca relacionada a tais questões pode ter um impacto negativo nas vendas.

Para evitar esse risco, deve-se utilizar uma plataforma de e-commerce que siga rígidos protocolos de segurança da informação e obedeça às normas da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Além disso, é importante ter um selo de segurança em seu site e ainda usar recursos como sistemas antifraude e autenticação de dois fatores.

3. Concorrência

A pesquisa mencionada acima mostra que o crescimento do comércio eletrônico desempenha um papel fundamental no aumento da concorrência no setor. Afinal, cada vez mais empresários apostam nessa forma para ampliar as vendas e entrar em novos mercados.

Para superar esse desafio do e-commerce, é importante inovar e oferecer diferenciação ao consumidor final para chamar a atenção para sua marca. Para isso, entenda seu mercado, entenda seus reais concorrentes e estude suas estratégias.

O processo de identificação de líderes do setor e de busca de práticas que também se apliquem ao seu negócio é chamado de benchmarking. Pode ajudá-lo a desenvolver alternativas e adotar estratégias anteriormente negligenciadas.

Isso não significa que você deva tratar seus concorrentes como inimigos. Tente superá-los, mas sempre foque em seu propósito e modelo de negócios.

4. Relacionamento com o consumidor

O relacionamento com os consumidores se refere a toda interação entre uma marca e seus clientes. Esse tipo de contato abrange desde comentários em mídias sociais e envio de e-mails de marketing até bate-papos diretos.

Hoje, não basta responder às mensagens diretas: você também precisa mostrar interesse e dar atenção especial às necessidades de seus clientes.

Marcas como Nubank e Netflix têm investido fortemente nesta área e são reconhecidas por sua comunicação com os consumidores. No entanto, é importante que as informações se enquadrem na imagem da empresa e representem verdadeiramente a voz da marca.

7. Abandono de carrinho

O abandono do carrinho de compras ocorre quando os consumidores visitam seu site, selecionam uma série de produtos para o carrinho de compras e não concluem a compra por algum motivo. Existem vários fatores que podem causar essa abstinência, e essa situação é muito comum.

No entanto, os empreendedores podem usar algumas estratégias para reduzir a taxa de abandono do carrinho de compras. De acordo com a investigação acima mencionada conduzida pelo Paypal, estes são os principais problemas que levam à retirada das compras online:

  • Custos de frete;
  • Tempo de entrega;
  • Dificuldades na devolução;
  • Preocupações com segurança.

Cada um desses pontos pode ser otimizado para garantir que o cliente conclua a compra. Por exemplo, já existem muitas plataformas e ferramentas que podem garantir diferentes opções de envio e entrega. Além disso, é importante revisar o processo de devolução para agilizar o recebimento e o envio dos produtos.

8. Taxa de conversão

A taxa de conversão é uma métrica usada para entender a porcentagem de usuários que visitam seu site que realmente concluem uma compra. Este é um KPI (indicador chave de desempenho ou indicador chave de desempenho, em português) muito importante porque pode prever o número de visitas e vendas.

No e-commerce, essa taxa depende em grande parte do tipo de produtos ou serviços vendidos. Por exemplo, uma taxa de conversão de 3% teria significados diferentes para uma loja de cadernos feitos à mão e uma loja de bolsas. Portanto, é importante entender a porcentagem significativa para o seu negócio e acompanhar essa métrica.

Se o número for baixo, existem algumas estratégias para ajudá-lo a melhorar este indicador, por exemplo:

  • Campanhas de desconto;
  • Frete grátis acima de determinado valor;
  • Disparo de e-mail marketing sobre as novidades da loja;
  • Publicação de avaliações feitas por clientes;
  • Campanha com influenciadores digitais;
  • Anúncios de mídias pagas.

Gostou deste artigo? Continue nos acompanhando para ter acesso a mais conteúdos sobre desafios do e-commerce e como superar. Aproveite para conhecer as soluções da Infracommerce para o seu negócio.

Caso tenha dúvidas, entre em contato com a nossa equipe:

Fale com um especialista

Leia também

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Já ouviu falar da estratégia multi warehouse? Essa é uma das soluções para ter um Fulfillment gerenciado. Entenda como funciona o processo e como aplicar.

Acessar
Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Veja as diferenças entre marketplace e marketing digital. Duas modalidades ideais para qualquer negócio online ter sucesso no processo de vendas.

Acessar
Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evitar a ruptura de estoque no seu negócio utilizando os serviços da InfraLog. A solução Infracommerce que disponibiliza a gestão completa do seu estoque!

Acessar

Explore todos os assuntos do Blog

Revolucione sua
Customer Experience!


Descubra qual solução Infracommerce é a ideal para o sucesso do seu negócio.

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe
entrará em contato para mais informações








Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso!
Oops! Algo deu errado, tente novamente.