Aumente a taxa de conversão do seu e-commerce

Aumente a taxa de conversão do seu e-commerce

Se você tem um e-commerce que tem um bom número de visitas, no entanto, ainda não é o melhor em fechar vendas…

Saiba que, por um lado, parabéns! Atrair tráfego é muito importante para ter um e-commerce de sucesso. Por outro, quem visita o seu site deve estar convencido de que vale a pena comprar os produtos divulgados nele. E para isso existem estratégias para aumentar a conversão.

Aumentar a conversão do e-commerce é um objetivo que nunca termina, mas existem várias táticas para ter bons resultados. 

Uma coisa é certa: é muito melhor seguir boas práticas do que gastar uma fortuna em anúncios, certo? 

Essa é a atitude mais sensata! Se por um lado muitos empreendedores tentam resolver o problema da baixa conversão investindo pesado em anúncios ou realizando liquidações, por outro, uma estratégia consolidada, que funcione a longo prazo, é muito mais vantajosa. 

Como aumentar as conversões com Layout Responsivo

Essas soluções funcionam por um bom tempo, diminuem os custos de aquisição e contribuem para a satisfação do cliente — o que é o 1º passo para a fidelização.

Aumentar conversões no seu e-commerce não demanda somente investir em ações de marketing para atrair mais consumidores. Mesmo que o tráfego do e-commerce esteja em estado de crescimento, isso não significa que todos que passarem por lá irão, realmente, fazer uma compra.

A taxa de conversão é parte fundamental para todo e-commerce, logo, que bom que você está prestes a ler este artigo! Se prepare para aprender a avaliar mudanças e melhorar os resultados. 

O primeiro passo para aumentar as conversões em si, é compreender o conceito correto de conversão. Pois toda estratégia tem definidos os seus objetivos específicos. Sendo que   conversão é cada vez que o usuário realiza  aquela ação desejada dentro daquela página. Uma  seguradora que trabalhe com suas cotações online, quando consegue atrair um  possível cliente que faça um orçamento pelo site, pode ser considerada uma conversão. Já nos casos das lojas virtuais que tiveram um aumento muito grande na pandemia, a conversão é atribuída no ato da venda ou no cadastramento em uma lista. Temos assim como conceito de conversão todos os acessos de um site que cumpriram um objetivo pré-determinado.

1- Acerte na escolha de CTAs

É interessante analisar as funções do  botão de ação ou CTA (Call to action), que além de levar o usuário a outra página tem também o papel fundamental para atingir ainda mais pessoas e aumentar muito as conversões! Analisando de uma maneira menos complexa, podemos considerar o botão de ação simplesmente como a forma de chamar atenção e despertar o interesse do usuário. Um botão com um bom design é fundamental para que isso realmente aconteça. Cabendo ainda a ressalva de que os botões de ação não precisam ser necessariamente voltados para a compra final, pois podem servir de valiosos caminhos para atingir esses objetivos. As mensagens com o foco nas vendas, como o preço, marca do produto ou  facilidades de pagamento em seu site tem que ser destacadas primeiro. Apenas depois de fazer um estudo ou mapeamento das áreas em que o seu usuário percorre mais, aí é fundamental saber colocar botões clicáveis e call-to-actions. Um design realmente bem preparado vai trazer resultados interessantíssimos ou até mesmo surpreendentes para seu e-commerce. 

2- Escolha uma paleta de cores adequada

A escolha dos tons é um aspecto fundamental para aumentar as conversões! Um design arrojado com as cores próprias e harmônicas com seu propósito é cientificamente comprovado como impactante na capacidade de atenção, concentração e conforto visuais. Uma página ou site composto por cores inadequadas, podem transmitir inquietude ou mesmo desconforto quando escolhidas equivocadamente, provocando assim uma baixa taxa de conversão. E para a paleta ideal para seus objetivos, testes de cores até a escolha ideal são fundamentais. As tonalidades devem sempre buscar alguma relação com as cores da empresa, pois não é interessante uma fuga da identidade visual. Deve-se buscar apenas uma variação de tons para gerar uma experiência visual realmente agradável. 

3- Tenha uma landing page atrativa

A landing page tem função de conhecer o usuário um pouco melhor e recolher informações dos leads. Assim, com o design bem feito que considera o produto e o cliente, a landing page também vai despertar o desejo de obter mais informações daquilo que você oferece e, então, aumentar as conversões. O resultado é a ação: o usuário deixa o seu nome e o seu  contato entre outros dados, em troca de algo do seu interesse. Uma boa landing page é aquela que oferece mais do que um produto ou um serviço para o usuário adquirir, ela deve seduzir o visitante, de forma que ele não pense duas vezes antes de deixar os seus dados.

4- Tenha design responsivo

Na criação de um e-commerce é pensando no primeiro momento em colocar um site no ar. No entanto, com o avanço das possibilidades de acesso mobile é fundamental que o e-commerce recém-criado esteja disponível em diversos formatos amigáveis. É um processo fundamental que vai garantir um acesso apropriado, seja qual for o local ou dispositivo em que está acontecendo este acesso. Pois uma parte significativa de acessos podem vir via mobile, exatamente por isso que um site responsivo é imprescindível, ele deve se ajustar perfeitamente a diferentes tipos de telas e dispositivos. 

E tem mais, o e-commerce deve ser compatível com todos os modelos de navegadores e sistemas operacionais do mercado, sem exceção. Do contrário, não irá carregar e funcionar corretamente, logo, você não sentirá o efeito de aumento de conversões. 

5- Organize as informações

Normalmente, usuários acessam sites para dar uma olhadinha. Esse é o primeiro ímpeto de qualquer consumidor que está na internet. Outros, já sabem exatamente o que querem comprar. Em ambos casos, se o seu e-commerce estiver confuso, com poucas otimizações para focar nas experiências dos usuários, é provável que esses visitantes saiam da sua página sem pensar duas vezes, logo, irão procurar sites concorrentes. 

Que fique o alerta: mais do que um site bonito, é necessário ter um layout que facilite a navegabilidade e que priorize a organização das informações.

Separe os produtos por categorias como marcas, gêneros, idades e características de produto, isso certamente irá facilitar a procura e oferecer formas simples de filtrar as informações dentro de seu negócio. 

A descrição dos produtos também é essencial para mostrar a usabilidade, diferenciais, especificações técnicas, preços, formas de pagamento, entre outras informações que ajudem o usuário a tomar uma decisão.

Ao criar suas próprias descrições dos produtos, você estará produzindo conteúdos relevantes e, de quebra, ainda se beneficia nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca. Evite que seu público-alvo busque informações em outros sites, assim você estará a frente da concorrência. 

A plataforma da Infracommerce foi desenvolvida com o objetivo de otimizar seu e-commerce, resultados e métricas, com toda dinâmica do Full Service. Tendo a missão de gerar mais vendas e conversões através de uma plataforma multicanal, com disponibilidade 24h, além de soluções modernas e únicas no mercado brasileiro.

Quando você contrata uma única plataforma full service digital para atender todas as suas necessidades de marketing, não será necessário se preocupar com a consistência. Até porque, será função dela criar estratégias que utilizam mensagens unificadas. 

O serviço precisa respeitar a identidade visual do seu cliente. Por esse motivo, criará anúncios usando as mesmas cores, logotipo e slogans para garantir que sua marca e seus produtos ou serviços sejam instantaneamente reconhecíveis entre seu público-alvo. 

Entre em contato agora mesmo!




Fale com um especialista

Leia também

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Já ouviu falar da estratégia multi warehouse? Essa é uma das soluções para ter um Fulfillment gerenciado. Entenda como funciona o processo e como aplicar.

Acessar
Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Veja as diferenças entre marketplace e marketing digital. Duas modalidades ideais para qualquer negócio online ter sucesso no processo de vendas.

Acessar
Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evitar a ruptura de estoque no seu negócio utilizando os serviços da InfraLog. A solução Infracommerce que disponibiliza a gestão completa do seu estoque!

Acessar

Explore todos os assuntos do Blog

Revolucione sua
Customer Experience!


Descubra qual solução Infracommerce é a ideal para o sucesso do seu negócio.

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe
entrará em contato para mais informações








Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso!
Oops! Algo deu errado, tente novamente.