As comissões de marketplace estão valendo a pena?

As comissões de marketplace estão valendo a pena?

É muito comum que as pessoas desistam de entrar no marketplace devido a taxa de comissão. 

É muito difícil para um varejista físico, com redes de lojas, pensar numa estratégia multicanal somente utilizando marketplaces

Porque? Simples, a comissão do marketplace é muito alta e, o mais importante, no final, o cliente é do marketplace. Sim, ele fez quase todo o trabalho de captação do cliente. E esse trabalho é bem grande.

Mas, ainda com todos esses contras, confira neste conteúdo se realmente vale a pena que o varejista físico pague a comissão do marketplace

Boa leitura!

Como funcionam as comissões de marketplace?

O marketplace funciona como um shopping virtual. Nele, estão reunidas diversas lojas em que há uma infinidade de produtos em um só lugar, onde também é cobrado pelos seus serviços uma tarifa. A comissão do marketplace funciona da seguinte maneira: a cada venda é cobrado do lojista um percentual pela negociação fechada dentro da plataforma. 

No geral, esta taxa de venda corresponde de 10% a 16% em média para grande parte dos marketplaces do Brasil

Contudo, é fundamental compreender que este valor não inclui somente os custos de venda. Além da taxa administrativa da operação logística, a comissão dos marketplaces também envolve, além da taxa administrativa da operação, recursos de geração de mídia online, análise de fraude, taxas cobradas por operadoras de cartão, entre outros.

Marketplace vale a pena? 

A partir do que foi dito acima e, considerando que o marketplace é um shopping center virtual, deve funciona da seguinte maneira: 

  • plataforma digital;
  • infra-estrutura computacional;
  • marketing digital;
  • SEO;
  • meios de pagamento;
  • anti-fraude; 
  • logística de transporte para alguns casos; 
  • apoio para integração;
  • gestão mix, etc. 

São pontos que dão trabalho, exige alto investimento e toma muito tempo. Devido a isso, as questões acima justificam os valores altos da comissão do marketplace

Contudo, será que existe algum benefício para o lojista que utiliza essas plataformas?

Caso você utilize somente uma plataforma de e-commerce, deverá cuidar de todos os pontos acima. Além disso, é essencial lembrar que existe o momento do pós-venda. Significa isso, vender no digital é somente uma parte. 

Será necessário receber os pedidos, separar os produtos, conferir, faturar, embalar, remeter, acompanhar, entre outros. Ou seja, a venda é essencial, porém não é a única no varejo digital. 

Se o seu objetivo é ter um futuro promissor no mundo online, ainda terá que pensar na integração com seu ERP legado para evitar um trabalho ainda maior. 

Marketplace: a porta de entrada para o comércio digital

A digitalização e inovação são tarefas que são chave, como vender, faturar, remeter, integrar com um ERP Omnichannel, etc. 

Caso você esteja começando, pagar a comissão do marketplace talvez seja o mais sensato. E dessa forma, pode até sair mais barato. 

Pagando as tarifas do marketplace e aderindo a esse tipo de plataforma de e-commerce, você pode começar a vender rapidamente sem grandes investimentos, pode exercitar uma série de estratégias de vendas:

  • Ponta de Estoque;
  • Produtos Próprios;
  • Pickup-in-store ou 
  • Receber na loja, etc.

Assim, é possível em muito menos tempo fazer o digital funcionar integrado com seus e-commerces.  Além disso, você pode também captar clientes online que hoje não vão às suas lojas e, assim, terá somente o trabalho de cadastrar novos clientes aos quais você não teve acesso antes. 

É essencial experimentar, aprender e crescer. Após isso, você pode colocar uma plataforma própria de e-commerce para rodar junto com o marketplace.

O mercado dispõe de diversas opções, porém, é necessário analisar qual a necessidade real do negócio e isso tem relação direta com o ticket médio.

Se tratando do e-commerce com ticket médio baixo, o mais viável é um integrador que cobre porcentagem do faturamento total do mês. Enquanto com um ticket médio maior, o mais adequado é optar por hub que cobre por cada venda, de modo individual. Além disso, temos também os hubs que trabalham com um valor fixo, uma mensalidade. 

O mais importante é analisar caso a caso e escolher o que melhor se aplica ao empreendimento, como por exemplo:

  • Quantos e quais marketplaces o seller opera?
  • O hub já tem integração com estes marketplaces?
  • Qual o valor do ticket médio?
  • Quais soluções o integrador oferece e se estas soluções atendem ao objetivo da organização?

O marketplace torna possível que novos usuários possam conhecer sua marca, é a oportunidade para um novo público para seu negócio, possibilitando a chegada de uma nova demanda, isso irá fazer com que ocorra o aumento do leque de produtos oferecidos pelo seu e-commerce.

Através do aumento de visibilidade, de clientes e de faturamento, o marketplace irá possibilitar o crescimento de sua marca. Dessa forma, terá novas oportunidades e ideais para atingir metas cada vez maiores, apostando em novos produtos, trazendo novos nichos para seu projeto, podendo alcançar um lugar de destaque antes do esperado. 

Nos tempos atuais, com a  digitalização acelerada, ter estratégias e ações bem definidas faz toda diferença para seu negócio. 

A plataforma da Infracommerce foi desenvolvida com o objetivo de otimizar seu e-commerce, resultados e métricas, com toda dinâmica do Full Service. Tendo a missão de gerar mais vendas e conversões através de uma plataforma multicanal, com disponibilidade 24h, além de soluções modernas e únicas no mercado brasileiro. Conheça nossas propostas para marketplace! 

A Infracommerce pode te ajudar com todo o processo para alavancar as vendas do seu marketplace. Entre em contato com a gente!

Conheça nosso LinkedIn!
Fale com um especialista

Leia também

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Já ouviu falar da estratégia multi warehouse? Essa é uma das soluções para ter um Fulfillment gerenciado. Entenda como funciona o processo e como aplicar.

Acessar
Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Veja as diferenças entre marketplace e marketing digital. Duas modalidades ideais para qualquer negócio online ter sucesso no processo de vendas.

Acessar
Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evitar a ruptura de estoque no seu negócio utilizando os serviços da InfraLog. A solução Infracommerce que disponibiliza a gestão completa do seu estoque!

Acessar

Explore todos os assuntos do Blog

Revolucione sua
Customer Experience!


Descubra qual solução Infracommerce é a ideal para o sucesso do seu negócio.

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe
entrará em contato para mais informações








Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso!
Oops! Algo deu errado, tente novamente.