A utilização do funil de vendas e-commerce

A utilização do funil de vendas e-commerce

O funil de vendas e-commerce é extremamente importante para entender o comportamento do consumidor no seu negócio. Conheça as etapas e como utilizá-las.

As empresas que desejam estar presentes em um ambiente virtual precisam entender a importância do canal de vendas e-commerce e como ele está mudando o paradigma do marketing digital.

Desde o advento da internet e da criação das lojas virtuais nas plataformas digitais, o funil de vendas e-commerce vem sendo aplicado como estratégia para acompanhar a jornada de compra de um prospect. Esses prospects, por sua vez, são os potenciais clientes do seu negócio.

Dessa forma, fica mais fácil entender como esses sistemas podem ajudar a aumentar as vendas dos negócios de eletroeletrônicos e garantir a melhor experiência possível.

Como funciona o funil de vendas e-commerce

Um funil de vendas e-commerce é um esquema visual que reúne as etapas de compra de um cliente, desde o contato inicial até a decisão em si. Ele descreve as etapas como partes do funil, incluindo o topo, meio e fundo.

No topo, a maioria das pessoas conhece a empresa e interage nos canais de contato. No meio, há um pequeno grupo de pessoas que seguirão em frente. No fundo, as empresas podem imaginar aqueles que seriam realmente clientes.

Nessa perspectiva, é possível controlar a jornada do consumidor para tomar atitudes efetivas. Por exemplo, a marca conseguiu melhorar as estratégias para trazer clientes do topo para o meio. Ou do meio para o fundo.

Além disso, as equipes podem usar o funil como suporte para a definição de metas. Por exemplo, uma meta pode ser obter 400 leads no topo do funil e converter 200 deles no meio e 50 no fundo.

Nesse caso, você tem uma visão de quantos visitantes no topo precisa para gerar um número X de vendas.

Mas, para que serve o funil de vendas e-commerce?

Em termos mais simples, o funil de vendas e-commerce consiste na jornada do consumidor até o momento da compra, ou seja, são as etapas que cada consumidor final percorre antes de finalizar uma compra.

O funil de vendas é muito importante, principalmente para o e-commerce, pois é por meio desse processo que você consegue desenvolver estratégias para gerar maiores taxas de conversão.

Como discutimos antes, um funil de vendas e-commerce é composto de várias partes, com cada estágio consistindo em uma interação que um cliente em potencial tem com sua loja.

Os 4 estágios de funil de vendas e-commerce

No processo de compra dentro do e-commerce, podemos pensar no consumidor passando por quatro estágios, representados visualmente por um funil – daí o nome do conceito.

Cada estágio é representado por uma parte do funil de vendas e-commerce: topo, meio e fundo. Os clientes começam no topo e sua estratégia deve garantir que eles cheguem até o fundo e se tornem clientes fiéis de sua marca.

Saiba como cada etapa funciona e quais estratégias você pode usar em cada uma delas:

  • Topo de funil: estágio de atração e conhecimento

Também é conhecido como fase de descoberta porque é o momento em que os clientes descobrem um problema ou uma necessidade que os produtos de sua loja podem atender.

Portanto, você tem que apresentar sua marca e, principalmente, as soluções que ela oferece, mostrando ao cliente que sua loja tem algo que ele nem sabia que precisava.

No mundo digital, esse momento de presença e descoberta pode acontecer de diversas formas, sendo uma das principais as campanhas de marketing, como anúncios em sites e redes sociais. Por isso, é importante sempre reservar uma parte do seu orçamento para fazer esse investimento e capitalizar seus resultados.

É muito interessante na primeira fase, e nas fases seguintes, onde você usa algumas técnicas de acionamento psicológico para convencer o público a tomar alguma atitude relacionada ao seu negócio.

  • Meio de funil: estágio de consideração e ativação

No meio do funil de vendas e-commerce, o cliente já sabe do seu problema e das soluções que sua loja oferece, então ele começa a pensar na sua oferta, mas não toma nenhuma decisão.

Então, nesse momento, você tem que aprofundar o relacionamento com aquele cliente para realmente convencê-lo de que seu produto é exatamente o que ele precisa.

Como os clientes estão pensando em seu negócio, mas ainda não tomaram uma decisão de compra, uma boa estratégia é investir em marketing de conteúdo por meio de materiais ricos, e-books e outros conteúdos que engajem e eduquem o público, explicando melhor as soluções que a empresa oferece.

Nesses conteúdos, não esqueça de apostar em um CTA (Call to Action, ou “chamado à ação”, em português) bem chamativo para direcionar o cliente e fazer com que ele consuma os seus conteúdos e, então, tome uma decisão. Lembre-se, esses CTAs podem aparecer em botões ou até mesmo nos materiais que você fornecer.

Assim, você pode dar ao cliente uma melhor compreensão do seu problema e da solução que você oferece, entendendo o seu produto como uma grande oportunidade de solucionar as necessidades dele.

  • Fundo de funil: estágio de decisão e venda

Aqui, o cliente toma a decisão de compra e escolhe as soluções que sua loja oferece. Então, agora é a hora de ajudar esse consumidor a finalizar a compra, tirar todas as suas dúvidas e auxiliá-lo no caminho.

Lembre-se: a essa altura, o cliente já tomou uma decisão, então tudo deve ser feito de forma inteligente, não à força, para que o cliente compre mais.

  • Estágio de fidelização

Embora um cliente tenha chegado ao fundo do funil de vendas e-commerce, sua jornada não termina aí. Concluída a venda, inicia-se a fase de fidelização, incluindo todo o processo de pós-venda que garantirá a continuidade da relação marca-cliente.

Você já ouviu falar que custa menos reter um cliente do que conquistar um novo? Porque esse é o objetivo da fase de fidelidade: garantir que o cliente permaneça no fundo do funil, faça novas compras e até atraia novos clientes.

Para fazer isso, você deve cultivar relacionamentos com esses clientes e garantir que sua marca esteja em suas mentes quando eles precisarem das soluções que você oferece. Por isso, peça feedback sobre as compras, envie newsletters e descontos para incentivar recompras e mostrar o quanto eles são importantes para você.

Entenda o novo comportamento do consumidor

É importante entender como os clientes se posicionam e se comportam hoje em dia. O funil de vendas e-commerce ajuda a esclarecer isso para que a empresa esteja pronta para a ação.

O comportamento não é mais linear, como se pensava anteriormente. Em um ambiente integrado e omnicanal, há grandes variações entre as interações de compra offline e online.

Por isso, é preciso conhecer e estudar melhor o cliente para saber mais sobre o seu momento - se ele está pronto para comprar ou não. Não sabe por onde começar? Nós podemos ajudar! Acesse o site da Infracommerce e conheça nossas soluções.

Fale com um especialista

Leia também

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Multi Warehouse Fulfillment Gerenciado: O que é?

Já ouviu falar da estratégia multi warehouse? Essa é uma das soluções para ter um Fulfillment gerenciado. Entenda como funciona o processo e como aplicar.

Acessar
Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Existe diferença entre marketplace e marketing digital?

Veja as diferenças entre marketplace e marketing digital. Duas modalidades ideais para qualquer negócio online ter sucesso no processo de vendas.

Acessar
Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evite ruptura de estoque com soluções InfraLog

Evitar a ruptura de estoque no seu negócio utilizando os serviços da InfraLog. A solução Infracommerce que disponibiliza a gestão completa do seu estoque!

Acessar

Explore todos os assuntos do Blog

Revolucione sua
Customer Experience!


Descubra qual solução Infracommerce é a ideal para o sucesso do seu negócio.

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe
entrará em contato para mais informações








Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso!
Oops! Algo deu errado, tente novamente.